Distúrbios hormonais afetam na potência

Distúrbios hormonais, como a baixa testosterona , podem contribuir para a disfunção erétil. Outra possível causa hormonal da DE é o aumento da produção de prolactina, um hormônio produzido pela glândula pituitária. Além disso, um nível anormalmente alto ou baixo do hormônio tireoidiano pode resultar em disfunção erétil. Os homens jovens que usam esteróides para ajudar a construir massa muscular também estão em maior risco para disfunção erétil.

Causas psicológicas

Os sentimentos de excitação sexual que levam a uma ereção começam no cérebro. Condições como depressão e ansiedade podem interferir nesse processo. Um dos principais sinais de depressão é a retirada de coisas que uma vez trouxeram prazer, incluindo a relação sexual.

O estresse relacionado a empregos, dinheiro e outros eventos da vida pode contribuir para o DE. Álcool e abuso de drogas são causas comuns de ED entre homens jovens. Problemas de relacionamento e má comunicação com um parceiro podem causar disfunção sexual em homens e mulheres.

Tratamentos para disfunção erétil

Tratar a causa da DE pode ajudar a resolver o problema. As mudanças no estilo de vida fazem uma diferença positiva para alguns homens. Outros se beneficiam de medicamentos, aconselhamento ou outros tratamentos. Ignorar ED não é sábio, particularmente porque pode ser um sinal de outros problemas de saúde.

Mudanças no estilo de vida saudável

Uma alimentação mais saudável, fazer mais exercícios e perder peso podem ajudar a minimizar os problemas apresentados pela DE. Parar de fumar e reduzir o consumo de álcool não é apenas sensato, mas também pode ajudar na DE.

A comunicação com o seu parceiro é essencial. A ansiedade de desempenho pode agravar outras causas de disfunção erétil. Um terapeuta ou outro profissional de saúde mental pode ajudá-lo. O tratamento da depressão, por exemplo, pode ajudar a resolver a disfunção erétil e trazer benefícios adicionais também.