A impotência é um problema sério

Disfunção erétil

A impotência é um problema sério do sexo masculino. Indireto e feminino. A essência da impotência é a incapacidade para atingir e manter uma ereção do órgão sexual masculina e incapacidade permanente ou temporária de ter relações sexuais. As causas mais comuns são: artéria náuseas (aterosclerose) ou venosa (varizes) pênis sangue bacia, fatores neurogênicos por tipo de polineuropatia (diabéticos, alcoólicos, …), insuficiência hormonal (diminuição da produção de hormônios sexuais masculinos – testosterona), e para pensar e psicogênica e provoca ansiedade por causa do medo de uma possível tensão de ruptura (doença de gestão) com a perda de interesse e menor qualidade de relação sexual, mau estado geral de saúde das mulheres e homossexualidade como uma alternativa.

A consequência prática, num sentido mecânico é ou redução do fluxo de sangue para o corpo cavernoso e ereção não fiáveis ​​ou incapacidade de manter o sangue e saída rápida a partir dos corpos cavernosos e ereção deficientes. impotência vascular é principalmente um problema para os homens mais velhos apresentam arteriosclerose geral embora as doenças dos vasos sanguíneos mais difundidas entre os jovens. A disfunção erétil se torna um problema mais de 45 anos, e a medicina moderna tem prolongado a expectativa de vida quase 80 anos. Como estender a capacidade sexual normal? Diabéticos homens são particularmente vulneráveis ​​porque diabetes múltipla acelera o processo de aterosclerose, e como um sérias complicações adicionais de diabetes é o surgimento de formas graves de polineuropatia. Há um número crescente de diabéticos registrados e mais e mais jovens com diabetes. Álcool em geral especialmente em pacientes diabéticos, mas deteriora-se significativamente presente polineuropatia, e, assim, impotência, e o uso de álcool é, infelizmente, uma forma aceitável do comportamento social. jovens diabetes e crianças que necessitam de constante aplicação da insulina é a causa da impotência após homens muito jovens e a prevenção é a essência da luta pela sua vida sexual normal.